20 de dez de 2012

Não se admire se um dia...

Faz alguns meses que aqui em casa convivemos com dois ninhos de beija-flor e com eles dando rasantes na garagem (e com meu carro cheio de cocô, mas esta é a parte menos romântica disso e juro que nem ligo). Hoje, eu na sala de casa com minha pituca, vejo pela porta de vidro um beija-flor em volta da piscina. Normal. Como ele não saía dali, peguei a máquina fotográfica para fotografá-lo. Tirei algumas fotos e voltei para a sala.

Mas ele fazia muito barulho e, quando saí de novo de casa, vi um filhote na piscina. Resgatei e o coloquei no deque, no sol. Em segundos, a mãe foi até ele. Saía e voltava e dava algo no seu biquinho. Não sou das mais emotivas, mas foi muito linda a cena.

Quando o filhote estava quase seco, começou a chover. Para não colocar a mão nele, peguei um pedaço de cartolina e um livro e o deixei no capô do meu carro, bem embaixo dos ninhos. Horas depois ele não estava mais lá e espero que o final desta história tenha sido feliz.

No final do dia, depois da chuva, as luzes de casa já estavam acesas quando surgiu uma luz bem amarela no céu e um arco-íris. Se amanhã o mundo vai acabar eu não sei, só sei que hoje o dia foi especialmente diferente. E que amanhã é um novo dia, logo mais, um novo ano e que cada vez mais eu tenho a certeza de que a vida é feita de coisas simples. Sim, estou piegas e fico emotiva nesta época.

Este é o meu conto de Natal. Feliz Natal para você que passa por aqui e um 2013 cheio de paz, saúde e alegria para todos nós.

4 de dez de 2012

Kit mini chef da Lelê

Não é novidade que sou fã de lembrancinhas simples e criativas. E quando ela versa sobre cozinha e receitinhas então, eu amo! Por isso, adorei a lembrancinha de mini chef da festa da Helena, que já teve sua festa de jardim publicada aqui. Desta vez, em vez do kit artista, a Lelê distribuiu para os amiguinhos um kit personalizado de chef.
Junto com o avental, na sacola, a Paulinha colocou uma colher de pau com o nome da criança, um guardanapo, uma touca para a criança usar na cozinha (a Lorena amou e ficou muito engraçada), um saquinho com um envelope com uma mistura pronta de bolo de caneca e outro de suco, para fazer um chup-chup. Junto com tudo, um caderninho com algumas receitas da família da Lelê, como o cupcake sucesso da Bisa. Uma lembrancinha divertida e ótima para guardar de recordação.