11 de set de 2012

Pé de amora

Agora é assim, todos os dias que a Lorena chega na casa dos meus pais ela pega um potinho e vai colher as amoras do dia. Esta é a primeira safra do pé de amora e eu, confesso, que adorei. Quando era pequena, eu e minha família costumávamos ir almoçar todos os domingos em uma cantina famosa pelos pratos e também pela demora do serviço. Enquanto esperávamos o almoço, íamos desbravar o quintal da cantina, que tinha um pé de amora. Na época de amora, voltávamos para a mesa com mãos (e roupas) cor de vinho. Para mim, amora é aquela fruta que não se compra, se acha perdida por aí.
Lola com os dedos tingidos. A única exigência é que ela coma amoras... só de calcinha! =)

18 comentários:

  1. sempre que vejo amoras me lembro do meu pai. quando eu estava grávida, acho que da mariana, um dia na chácara dele falamos sobre a fruta. um pouco mais tarde ele apareceu com uma bacia cheia de amoras graúdas e docinhas!
    você tem razão, é bom assim mesmo, no pé. mas, como não tenho isso,compro congelada, pra fazer suco e calda :)
    bj

    ResponderExcluir
  2. Já manchei muita roupa de missa com amora ..... Hummmmmm!
    "Cê gosta de amora? Vou contar pro seu pai que cê namora!!"
    Andréa Graziano

    ResponderExcluir
  3. A ja manchei bastante roupas com amoras quando criançakkk.
    Parabens para os pais da "Lola" é uma garota linda.
    wilson lopes.

    ResponderExcluir