12 de ago de 2011

Praia do Guaiú

Ok, um povoado com cerca de 500 habitantes é muito agito para você, não tem problema. Perto de Santo André, no sul da Bahia, existe a praia do Guaiú, onde, com certeza, você vai se sentir no meio do nada. A praia é bem extensa e, pelo que vi, tem apenas duas barracas estruturadas. E, além de mar calminho e muito sol, um rio, o Guaiú, para dar um charminho extra. São cerca de dez quilômetros entre uma praia e outra que podem ser vencidos a pé, para os mais fitness, de carro (alugado ou taxi), para os preguiçosos, ou de busão de linha, para os turistas roots, como eu, o marido e a pequena Lolinha. O ônibus passa a cada hora e não leva dez minutos para chegar, mas, ao descer na pista, é preciso caminhar um quilômetrozinho. Na ida, ok, mas na volta, com o sol no coco, com criança no colo, todo mundo cansado, vixe, dá para repensar a opção...
A barraca escolhida e recomendada foi a da Maria Nilza, uma senhora simpática que estampa, com um chapéu de palha e um sorriso brejeiro, não só os cartões do restaurante como o cardápio. Logo na entrada, recortes de jornais com matérias elogiando o restaurante. O lugar é bem agradável, as mesas são cobertas com toalhas de renda, as cadeiras de sol com esteiras de palha e as "louças" são de barro, rústicos e lindos. Nós escolhemos o prato mais famoso da casa, o arroz com polvo. O arroz com polvo, citado e elogiado em tudo quanto é matéria, sinceramente, não agradou ao nosso paladar, achamos pesado demais. Mas, conversando com outros turistas, decidimos que na próxima vez vamos de moqueca!
Mas se tem uma coisa que me agradou foi o banheiro! Gente, o banheiro é aberto e tem a vista do rio, que está na foto lá no alto. A tampa do vaso tem capinha de crochê, todo mimoso. Só dá medo de chegar alguém e espiar pelas frestinhas da parede de palhinha. Ui!
Na saída, Maria Nilza - e seu chapéu de palha e seu sorriso brejeiro - presenteia os clientes com folhinhas de trevo de quatro folhas e pede para você tirar um papelzinho de uma caixinha, com uma mensagem bonitinha. Super meigo.

* Só para constar, não foi o arroz com polvo que me levou até o banheiro. :)

4 comentários:

  1. Maria Zilda vc e uma pessoa maravilhosa, talentosa, caprichosa e o que mais admiro em vc e a sua alegria. Seu restaurante e impecavel e de um tremendo bom gosto. A comida e maravilhosa e o servico impecavel. Gostaria de estar recomendando a todos, pois ir a Guaiu sem ir na Maria Zilda perde de conhecer o lugar mais lindo da regiao.Que Deus abencoe muito a sua vida. Amei em te conhecer, em breve estarei ai, pois estou morrendo de saudade dos momentos maravilhosos que tive ai.
    Beijos
    Christina (Jorge)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super recomendo o restaurante da Maria Nilza. Ela é uma simpatia de pessoa e o lugar é um paraíso. Tive a felicidade de estar lá em Setembro de 2012 e me apaixonei pelo lugar. Vale muito a pena, principalmente pela cordialidade da Maria Nilza, fora que a comida, o atendimento e a estrutura também são ótimos.

      Excluir
  2. Saudades da senhora, Dna`; Maria!!não vejo a hora de revéla e visitar essa maravilha de lugar!! abraço e fica com DEUS!!!

    ResponderExcluir




  3. When I took possession of the Rolex Submariner,a couple things jumped out at me. First, and this is always nice to find, it had its original Origina Replica Breitling Twinlock crown (Triplocks came later at around the 3M serial number). So many 1:1 Replica Rolex Watches have lost their original crowns to Triplocks along the way,In a weird twist of irony, the Omega Watches Robert-Jan wrote about from this year’s Baselworld contained a Cyclops for the first time in its history. Hermes handbags , in its self-pronounced desire to push innovation.

    ResponderExcluir